domingo, 17 de fevereiro de 2013

Teste Final - Revista Electron

Agora é pra valer, eu finalizei os uploads das revistas Electron e arrumei os posts, parte um e parte dois. Adicionei mais uma opção que é DjVu e pra quem não conhece é bom começar a se familiarizar porque os arquivos ficam menores, é uma boa opção pra ver no próprio navegador.

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá Picco,

Primeiramente quero agradecer por teu excelente trabalho e por dividir conosco esse material tão valioso para todos os apaixonados por eletrônica.
Os comentários que fiz e farei não são nenhuma crítica, mas tão somente relatos e opiniões com base na minha experiência. Minha única intenção é colaborar com você e por isso estou lhe dando um feedback.
Respondendo sua pergunta sobre se eu testei em outro computador, a resposta é sim. Os arquivos da Radio Broadcast foram testados também em um Dell Latitude 5500, apresentando resultados igualmente insatisfatórios, tanto que nem vou preservá-los. Já na minha máquina que é um pouco melhor mas ainda apenas de nível intermediário (i5 P8P67 VGA Nvidia (512MB de vídeo) em 1920 x 1080p e monitor IPS), tanto com o Acrobat Reader como com o Perfect PDF Reader os defeitos que citei anteriormente são bastante visíveis. Acredito que o problema está mesmo no software que foi usado por quem gerou os PDFs da Radio Broadcast. Por certo não há nada que você ou eu possamos fazer a respeito disso. Mas para mim, isso ao menos serviu para mais uma vez observar o quão importante é o software usado para criar um PDF.

Agora me deixe aproveitar o espaço para comentar um pouco sobre o DjVu.
Quando esse formato começou a ser utilizado para distribuir manuais de serviços (isso há uns 10 anos), ficamos imediatamente animados, pois uma alternativa ao PDF era muito bem-vinda. Entretanto, para o usuário final o DjVu mostrou-se pouco adequado para trabalhar profissionalmente devido à qualidade de imagem muito inferior ao PDF. Por este motivo grande parte dos arquivos que estavam em DjVu foram substituídos por novas versões em PDF (não foi feita conversão de DjVu para PDF, mas, obviamente, foram construídos arquivos completamente novos), e apesar do maior tamanho do arquivo esta foi a decisão mais acertada. O PDF é um formato cuja qualidade de imagem já não é muito boa, mas o DjVu é bastante pior. Por exemplo, uma rápida comparação visual entre as três versões de arquivos da Revista Electron Nº 07 corrobora com o que tento descrever. E, nesse caso somente o PDF tradicional apresenta a qualidade esperada, sendo que a versão OCR apresenta problemas similares aos encontrados no DjVu, ou seja, imagens borradas por excesso de compressão. Em minha modesta opinião, acredito que na prática e para a proposta que você tem de preservar documentação histórica de eletrônica, tanto o DjVu como o “PDF (OCR)” são dispensáveis por apresentarem perdas muito grandes e irreversíveis. Mas, como você mesmo comentou, o DjVu pode ser uma alternativa interessante para ver no navegador e, assim a pessoa pode decidir se deseja baixar a versão em PDF.

No momento estou sem scanner porque a placa SCSI é incompatível com minha máquina atual, mas tão logo eu consiga outra interface ou outro scanner (preciso me capitalizar para isso), providenciarei o envio de diversas revistas.

Obrigado e um grande abraço,

Mauricio

Picco disse...

Maurício,

Estou sempre aberto a sugestões e críticas desde que não ofenda a mim e nem um dos contribuintes ou leitores do blog, portanto fique a vontade pra falar.

Não sei o que acontece quanto ao problema que você está enfrentando em relação a revista Radio Broadcast, até agora você foi o único leitor que se manifestou a respeito, mas se a causa é o software que gera o pdf teria que dar problemas com outros arquivos do site, não sei se adianta, mas você chegou a baixar outro arquivo pra verificar que não seja as revistas Radio Broadcast?
Eu percebi aqui no meu pc que demora um pouco pra carregar as imagens, mas carrega, meu adobe é versão 10.1.4.

Quanto a questão do arquivo DjVu é bem simples o motivo de eu ter colocado, o site disponibiliza automaticamente então como é só pegar o link, eu aproveitei, mas a questão de abrir no navegador também é uma boa, pois como você falou, o leitor vai visualizar, se gostar baixa em pdf.

Quanto as edições que você tem, se for possível você fazer uma lista e me enviar eu marco as edições que já estão digitalizadas poupando assim um trabalho repetido.

Um abraço
Picco