Revista Rádio - TV Técnico






01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
11 12 13 14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
31 32 33 34 35 36 37 38 39 40
41 42 43 44 45 46 47 48 49 50
51 52 53 54 55 56 57 58 59 60
61 62 63 64 65 66 67 68 69 70


6 comentários:

Unknown disse...

As Revistas Rádio - TV Técnico nºs 08, 29 e 50 que tentei baixar no seu site (http://blogdopicco.blogspot.com.br/2015/02/revista-radio-tv-tecnico.html), estão corrompidas. Apesar de ter tentado diversas vezes, não consegui baixar as mesmas.

Picco disse...

Vaneberg,

Obrigado pela visita.

Eu baixei por aqui esses números e não estão com problemas, como já deu um problema parecido mas com as Monitor de Rádio e TV creio que seja o horário, tente baixar novamente em um horário diferente do usual pra experimentar, se mesmo assim o problema continuar eu faço os uploads novamente.

Um abraço

nunca disse...

Qual a data de publicação dessas revistas?
Não encontrei no editorial nem no índice de catalogação.
Grato

Picco disse...

Olá, na próxima vez deixe seu nome ok.

Não sei exatamente a data porque essas revistas não possuem qualquer informação sobre data ou mês de edição, tudo que sei baseado no estilo dela é que são da década de 1970.

Um abraço

Renato f Almeida disse...

Olá picco, o link dos Semicondutores está quebrado.

Miguel Luiz Martins disse...

Olá Picco! Com relação à data de publicação destas revistas, vê-se que a revista Nº 8 tem o preço de NCr$ 1,80 (cruzeiros novos) e a revista Nº 10 tem o preço de Cr$ 2,00 (não havia a revista Nº 9 no blog na data em que postei este comentário).
 
Como a transição de cruzeiro novo para cruzeiro deu-se em maio de 1970, essa revista deve ter iniciado a sua publicação em 1968 ou 1969 (já que, a início, ela parece ter sido uma publicação bi-mensal), continuando por toda a década de '70 e início dos anos '80.
 
Dentro de algumas edições, especialmente as últimas, há em uns quadros onde se mostra a editora, distribuidora, diretores da revista, etc., a indicação de "mês" (será o mês em que foi publicada???), porém ela não bate com os números de capa e se mostra mais bi-mensal do que propriamente mensal (nós que a comprávamos nas bancas, realmente não a víamos todos os meses com os jornaleiros, pois elas não saíam com uma periodicidade exata, demorando algumas vezes três ou quatro meses para que lançassem um novo número).
 
Um abraço.