domingo, 25 de outubro de 2015

Fonte Variável - Três saídas independentes [Parte final]

Neste post eu trago a parte final dessa montagem, vai ficar faltando a inclusão das três chaves seletoras, mas pelo menos com os potenciômetros é possível usá-la normalmente.

Eu dividi o esquema em duas partes, a primeira parte é referente a placa principal que possui a ponte retificadora, os capacitores de filtro, o LED e os componentes que estão na placa fixa nos bornes de saída e a segunda parte é do bloco regulador, abaixo os dois esquemas:


Placa principal

 Bloco regulador

Além desses componentes eu adicionei um capacitor cerâmico de 1n x 1kV entre a fase e o terra e entre o neutro e terra para desacoplar a RF na entrada AC, um filtro AC e um fusível de 1,5A na entrada AC como mostro nesse outro esquema abaixo:

 
Eu simplifiquei esse desenho, mas tem também a chave que seleciona 110/220V no primário do transformador, lembrando que o terra dos capacitores C4, C5, C7 e C8 assim como o filtro FL1 não são ligados aos negativos das saídas, são conectados ao terra da tomada na entrada AC.

 A lista dos componentes segue abaixo:

 - Placa principal

BR1 - Bloco regulador

B1 - D3SBA60 [RS405M]
D1 - LED vermelho
D2 - 1N4007

R1 - 2,2K
R2 - 4,7K

C1 - 2200uF + 1000uF x 50V
C2 - 100n [cerâmico]
C3 - 100n [poliester]
C4 - 220uF x 25V
C5, C6 - 10n [cerâmico]
C7, C8 - 1n x 1kV [cerâmico]

FL1 - Filtro de linha para 2A
F1 - Fusível 1,5A
T1 - 110/220V >> 3x20V X 2A

 - Bloco regulador

IC1 - LM317T
D1, D2 - 1N4007

R1, R2 - 150R
R3, R4, R9, R11 - 1,5K
R5 - 560R
R6 - 270R
R7, R8 - 680R
R10 - 390R
R12 - 1K
R13 - 220R

C1 - 100n [cerâmico]
C2 - 220uF x 25V
C3 - 1uF x 25V [tântalo]

S1 - Chave 1 posição/6 polos [Potenciômetro de 5k]

Todos os resistores são de 1/8W ou mais.

Lembrando que esses componentes são para uma fonte, como são três independentes, terá que multiplicar por três o número de componentes usados.

Como havia falado no vídeo, eu usei um potenciômetro no lugar da chave, mas eu tinha escolhido o uso da chave porque quando da um problema no potenciômetro, a tensão de saída é máxima, dificilmente o potenciômetro entra em curto, também como a chave já está pré selecionado a tensão de saída de acordo com o divisor resistivo não haveria motivos para medir a tensão de saída quando eu fosse usar, já que eu não adicionei nenhum voltímetro no painel frontal, com o potenciômetro eu terei que usar o multímetro para ajustar as tensões antes de usar.

O transformador eu já tinha, mas como o secundário dele era outra tensão eu resolvi enrolar, usei fio 18AWG para isso e a tensão em aberto ficou em 21,3Vac. Abaixo uma foto antes de passar fita crepe para dar o acabamento final:





Abaixo algumas imagens das placas:


O desenho das placas feito a mão com ajuda do papel milimetrado


 Detalhe do C1 do bloco regulador




Apesar de ter que substituir um dos potenciômetros e refazer a ligação da chave 110/220V eu fiz um vídeo final testando com minha carga ativa de baixa corrente




2 comentários:

Alexandre Souza - PU1BZZ disse...

Oi Picco! Muito legal essa fonte!!! Ta de parabens :D
Mas posso te sugerir um modelo "um pouquinho diferente"?
http://www.electronics-lab.com/project/0-30-vdc-stabilized-power-supply-with-current-control-0-002-3-a/

Essa fonte é MUITO BOA, e vai realmente de 0,00v ate 32V (no meu caso). Uso algumas delas aqui na bancada.

Grande abraço do seu fã!

Luiz Daniel Picco disse...

Alexandre,

Tudo bem?

Eu conheço esse esquema, funciona muito bem e tem pessoas que montaram e falam que essa fonte é praticamente indestrutível por causa do circuito de controle de corrente e tensão, mas eu estava precisando de algo mais simples por isso optei por montar esse esquema, eu só precisava de mais de uma tensão independente pra testar circuitos comparadores, etc., pra minha bancada eu estou montando outra, vou postar no blog quando for retomar a montagem, é um projeto da elektor que saiu naquela série da década de 1980, bem parecida com essa do link.

Um abraço