segunda-feira, 16 de maio de 2016

Receptor regenerativo



2 comentários:

Hidel Arruda disse...

Olá Picco... acabei de ver o video do receptor regenerativo. Vi tambem outras etapas da montagem do mesmo, anteriormente. Hoje, fiquei com dúvida se este receptor é exclusivo para faixa radiomador? Vi a sintonia do mesmo nos 7000khz! Vai ter outras feixas, como inferiores e superiores aos 40 m? O ronco no audio, espero que seja ainda seja causada pela atual etapa da montagem. No mais, o visual do aparelho (acho que ainda inacabado) é simples mas pode ser aceitável... ahahahah (claro que vai ficar melhor, em tudo né?). é dificil montar um bixinho destes, por iniciantes em eletrônica? Eu sempre quiz montar um radio, mas que cobrisse muitas feixas, não sei se estou "sonhando".
No mais um abração e vamos aguardar as futuras etapas.
SDS Hidelbrando Peixoto (ex-px - e... ex radiotelegrafista).

Luiz Daniel Picco disse...

Hidel,

Obrigado pela visita.

A faixa de recepção desse receptor depende do circuito tanque formado por L2, C3 e C4, em teoria é só trocar esses componentes de acordo com a faixa q você deseja escutar, no meu caso depois que alterei a bobina, a faixa ficou entre 3245kHz a 7940kHz, no artigo diz que é possível escutar a faixa de 1,6 a 18MHz somente com a modificação da bobina. Outra coisa que bom falar é que no esquema original, a bobina usada é comercial com soquete, portanto se você montar um receptor desses usando uma bobina com soquete basta trocá-la para ouvir outras faixas.
Não é difícil de montar esse receptor, você só precisa ter uns capacitores de qualidade razoável para usar na etapa de RF, pois como é praticamente um oscilador, se usar capacitor de péssima qualidade pode não funcionar bem.

Um abraço