domingo, 26 de janeiro de 2014

Revistas

Para quem está baixando as edições nacionais e ainda não fez uma visita no site poluidor.com não perca tempo, ele colocou umas edições inéditas de revistas brasileiras lá, estão todas no 4shared, pra quem tem conta fica bem mais fácil.

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Antena de Ferrite para OM de 1 polegada




Essa é uma antena bem simples de montar e que vai surpreender pelo seu excelente desempenho final. Além disso, ela é pequena e fácil de carregar, você pode deixar ela solta ou presa por elásticos no receptor.
Abaixo eu faço um pequeno e breve resumo dos materiais e da montagem, coloquei o valor da bobina como referência, se alguém que for montar tiver um medidor pode comparar com o valor, esse valor não é crítico se respeitado a distância em que a bobina vai ficar no tubo.

 - Materiais

Quatro metros de fio 26 ou 28AWG.
Tubo de PVC de ¾ por 23 cm de comprimento.
Barras de ferrite para OM.
Um capacitor variável de plástico.

 - Construção

Enrolar 46 espiras de fio começando com 9 cm de distância do lado aposto ao capacitor variável. Conectar a bobina em paralelo com o capacitor.

 - Valores medidos

Indutor - 344µH
Capacitor - 9 a 272pF
Faixa coberta pela antena - 515kHz a 1710kHz.


Se a bobina tiver no centro do tubo, a indutância fica maior e a faixa de cobertura vai se deslocar para baixo, não chegando assim a 1710kHz. Pelo contrario, se a bobina ficar mais na ponta do tubo a indutância será menor deslocando a faixa para cima. Se depois de confeccionado a bobina, não chegar a 1710kHz, será necessário diminuir as espiras, isso tem que ser feito uma espira de cada vez para não ficar com a indutância muito baixa e deslocar a faixa de cobertura pra mais de 1710kHz.
Para a montagem dessa antena eu não aconselho o uso de ferrites de yoke, como a quantidade usada é pouca (umas seis barras de ferrite são suficientes) fica fácil adquirir.
Como algumas barras que usei são de diâmetros diferentes eu tive que arrumar de um jeito a preencher o máximo possível do tubo como mostro abaixo.



Para tampar eu colei um pedaço de acrílico com superbonder. Coloquei uns pedaços de jornal por dentro para as barras da ponta não ficar soltas.



A ligação do capacitor é bem fácil, uma olhada na imagem abaixo já diz tudo, só uma pequena observação, alguns capacitores têm os terminais do outro lado, mas não deixa de ser a mesma ligação.



Os terminais das pontas são os “positivos” e os dois do meio são o comum, isto é, “negativo”. Coloquei entre aspas porque capacitor variável não tem polaridade, mas isso facilita nas ligações.
Depois de terminado ficou assim:




Para o acabamento no capacitor eu recortei alguns pedaços de papel, fiz um furo no centro com um furador e com um pouco de cola branca misturada com água eu encaixei os papeis no knob, fixei no variável e depois fui colando os papeis um em cima do outro usando um pincel, ficou como na imagem abaixo.






É possível conseguir todo esse material a um preço muito baixo no ferro-velho, toda sucata de rádio AM-FM tem uma barra de ferrite e um capacitor variável, o fio esmaltado tem nos transformadores. Gastei menos de R$10,00 em tudo e tive ótimos resultados.

Ainda pretendo colocar um pedaço de espaguete termo-retrátil preto pra não ter que ficar passando fita crepe.

Abaixo alguns exemplos do uso dessa antena.

Rádio Imaculada Conceição



Rádio Brasil



CPN Campinas



Revistas

Consegui acesso a minha conta novamente, eu tinha feito uns uploads de revistas para postar aqui, mas não tinha copiado os links, ao lado os links das pastas com revistas americanas.