terça-feira, 21 de novembro de 2017

Reatância capacitiva

A reatância capacitiva é a oposição que apresenta um condensador a passagem da corrente alternada. Depende da capacidade do condensador e da frequência da corrente que lhe aplique.



Revistas estrangeiras

Recebi esses dias uma revista do Uruguai chamada Display para por no blog, essa revista só teve esses dois exemplares que estão na pasta.

Também aproveitei para atualizar o link da revista Ham Radio com a coleção quase completa dessa excelente revista voltada ao radioamadorismo.

domingo, 5 de novembro de 2017

Links e outros

Recebi alguns comentários sobre links quebrados recentemente, como estou organizando os arquivos alguns links ainda estão quebrados e estou arrumando aos poucos.
Para os leitores que deixaram os avisos eu peço que tente novamente que agora os links estão arrumados.

Também repostei uma pasta com diversos esquemas de ligação de alarmes, módulos de som, vidro e trava elétrica, catálogos entre outros, sobre carro, o link está junto com os links dos jornais.

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Elétrons finalmente domados no grafeno abrem caminho para nanotransistores


Um eletrodo atomicamente fino funciona para os elétrons da mesma forma que uma lente interfere com os raios de luz.




Elétrons no grafeno

Um dos grandes trunfos do grafeno é a altíssima mobilidade dos elétrons através de sua malha hexagonal, o que lhe dá uma condutividade muito superior à dos metais. Mas essa vantagem traz suas próprias dificuldades: ocorre que, quando disparam pelo grafeno, os elétrons não param mais.

Desta forma, para fabricar um transístor de grafeno é necessário fazer buracos no material, que funcionam como barreiras para que os elétrons possam ser controlados. Mas isso traz seus próprios problemas de engenharia, já que é muito difícil fazer buracos precisos em um material monoatômico, inibindo seu uso em escala industrial.

A boa notícia é que, depois de muito trabalho, Yuhang Jiang e seus colegas da Universidade Rutgers, nos EUA, descobriram como domar os elétrons no grafeno, abrindo o caminho para o transporte ultrarrápido de energia em componentes nanoeletrônicos, virtualmente sem perdas de energia e dissipação na forma de calor.

Lente de elétrons

Os elétrons desvairados foram controlados aplicando uma tensão elétrica através da ponta finíssima de um microscópio de rastreamento, que é normalmente usado para fazer o mapeamento das superfícies dos materiais em 3D - onde a ponta toca o grafeno ela tem o diâmetro de um átomo. Esse arranjo experimental lembra um sistema óptico. A ponta do microscópio cria um campo de força que aprisiona os elétrons ou modifica suas trajetórias, de forma similar ao efeito que uma lente exerce sobre raios de luz. Os elétrons podem ser presos e liberados, oferecendo um meio de alta eficiência para ligar e desligar a corrente elétrica, o que é a base do funcionamento de um transístor.

"Você pode aprisionar elétrons sem fazer furos no grafeno. Se você mudar a tensão, você pode liberar os elétrons. Assim é possível capturá-los e liberá-los à vontade," disse a professora Eva Andrei, coordenadora da equipe. Embora a demonstração envolva equipamentos de laboratório cuidadosamente operados, agora será possível trabalhar para reproduzir o efeito a partir dos próprios componentes, eventualmente tornando possível fabricar nanotransistores de grafeno ultrarrápidos em escala industrial.


segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Transístor 2-D é simultaneamente metal e semicondutor


Cristais de MoTe2 metálicos (esquerda), caracteristicamente retangulares, e semicondutores (direita), caracteristicamente hexagonais.




Transistores monocamadas

Os transistores eram planos, depois migraram para 3D, e então os transistores 3D foram miniaturizados até a nanoescala. A onda atual é de simplificação, voltando aos transistores não apenas planos, mas 2D mesmo, formados por camadas monoatômicas, seja de grafeno, de molibdenita ou de qualquer outro material bi ou mesmo uni-dimensional.

E o primeiro FET-2D - transístor de efeito de campo bidimensional - acaba de ser fabricado por uma equipe do Instituto de Ciências Básicas da Coreia do Sul. Ser 2D significa que o transístor inteiro é feito de um único material, neste caso de telureto de molibdênio (MoTe2).

"FETs feitos de semicondutores 2D são isentos dos efeitos de curto-circuito porque todos os elétrons ficam confinados em canais naturalmente atômicos, livres de ligações indesejadas na superfície," disse Ji Ho Sung, responsável pela construção do transístor.

Material polimórfico

A principal questão para que os transistores de materiais monoatômicos, como o grafeno e a molibdenita, cheguem ao uso prático é a existência de uma grande resistência elétrica no contato entre o semicondutor 2D e os eletrodos que transportam os sinais elétricos.

Para lidar com a questão, a equipe desenvolveu uma nova técnica para produzir transistores 2D com semicondutores e metais feitos do mesmo composto químico. Assim como os nanotubos de carbono, o MoTe2 é um material polimórfico, o que significa que ele pode vir em sabores metálico e semicondutor. Isso permitiu reduzir a resistência de contato na interface entre o semicondutor e o metal por um fator de 7, passando de 150meV para 22meV.

A equipe acredita que ainda dá para melhorar, sobretudo porque o limite quântico teórico é muito baixo. Se solucionarem o problema para o seu material, há uma grande possibilidade que a mesma solução se aplique para o grafeno e outros materiais dicalcogenetos, que geram transistores muito rápidos, mas possuem o mesmo problema de interconexão com os circuitos metálicos.


sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Mais um espertinho

Pessoal, mais um espertinho que baixou as revistas aqui no blog e colocou a venda no mercado livre, vou deixar o link do anúncio para quem quiser entrar e fazer a denúncia, eu já denunciei, agora vamos ver se o mercado livre faz a parte dele.

Naquela última vez, como o mercado livre recebeu diversas denúncias o vendedor não conseguiu mais publicar e eu agradeço muito a todos que fizeram as denúncias comigo.

Vou deixar uma pergunta no anúncio, mas como o proprietário pode apagar talvez não seja publicada.

Anúncio


Atualização

Parece que o anúncio foi finalizado vamos aguardar uns dias para ver se vai voltar pois como eu fiz a denúncia em todos os anúncios de revistas talvez o mercado livre finalize só para analisar o pedido de denúncia.

Mais um vendedor no ML vendendo as revistas.

Anúncio

Vamos denunciar esse pilantra.